23.8.06

quais os efeitos da mudança climática na sua vida?


No Sul, agricultores têm prejuízos causados pela falta de chuva
(foto: divulgação Greenpeace)

Tem muita gente que não sabe responder a essa pergunta, por isso aí vai uma dica de exposição para quem quer aprender mais sobre o assunto. Hoje, em São Paulo, o Greenpeace lançou a campanha “Mudanças do Clima, Mudanças de Vidas”, que engloba um relatório organizado com base em entrevistas feitas com cerca de 53 estudiosos e instituições, além de uma exposição gratuita com 28 painéis de fotos, instalação sensorial e seção de um documentário feito com base em depoimentos de brasileiros que sofrem os efeitos do aquecimento global na Amazônia, no Nordeste, no Sul e na zona litorânea brasileira.

Na instalação sensorial, as pessoas passam por um túnel para sentir o vento dos tornados e a poluição de escapamentos. Ao final, recebem uma cartilha com dicas de como podem agir, no dia a dia, para minimizar impactos que causam o aumento da temperatura na Terra. “O tempo está contra nós e é por isso que temos que agir urgentemente. Com esta campanha, queremos informar os brasileiros, conscientizar e propor novas atitudes”, afirmou Marcelo Furtado, diretor de campanhas do Greenpeace.

“O Brasil precisa assumir sua responsabilidade como grande emissor de gases de efeito estufa. O governo deve combater o desmatamento de maneira implacável, promover as energias limpas e os programas de economia de energia”, completa Carlos Rittl, coordenador da campanha de clima da instituição. Para quem não sabe, o Brasil é o quarto maior emissor de CO2 no mundo graças, principalmente, às queimadas na linda Amazônia.

A exposição passará por 10 capitais brasileiras, começando por Brasília. Em Sampa, vai de 28 de agosto a 2 de setembro, das 12h às 20h, na Casa das Rosas, avenida Paulista, 37.

Com certeza irei.
Save the planet!

Um comentário:

Regis Soares - Repórter disse...

Interessante notar duas coisas: Primeiro, onde estão as culturas transgênicas?! Será que elas seriam capazes de vencer os efeitos do aquecimento global?
Segundo, as culturas em geral são muito sensíveis. Se chove demais, há perdas; se não chove, há perdas; se faz frio, há perdas; se faz calor, também há; e assim vai. Enquanto o planeta muda, essa situação só tende a piorar. E os agricultores ainda resistem em fazer seguros para suas plantações. Não deviam nem pensar duas vezes. O seguro é quase um prêmio para quem destrói as matas em busca de mais espaço para plantar.