15.12.05

a onça e o cachorro

Sem menosprezar os cães, uso esse título para fazer uma referência ao livro "A Águia e a Galinha", de Leonardo Boff. O autor conta a história da águia que caiu do ninho e foi criada junto às galinhas a vida inteira - e que, portanto, passou a se comportar como tal. Só que cada uma tem sua importância e o papel da águia é viver no topo das montanhas e voar alto, guiada pela luz do sol - bem diferente da galinha. Logo, águia não é galinha. Certo?

Eu achava que essa era uma estória, uma parábola. Que ingenuidade. Qual não foi minha surpresa quando li, no site O Eco, na reportagem "Nem um Pouco Selvagem", de Carolina Mourão, o caso da onça que teve suas garras mutiladas para ser criada como um cachorro por um - pasme - veterinário (!!!) que, além de tudo, ainda organizava caçadas e torturas a animais para divertir turistas no Pantanal.

Interessante que esse ser esteja "na mira da polícia" não por caçar ou mutilar animais covardemente, mas por manter em seu "campo de concentração" um número considerável de armas. O Ibama - pasme de novo - autorizou que esse assassino, covarde, mutilador, demente, enfim - ficasse em posse da onça legalmente (!!!!).

Ele está livre e não foi punido. Vamos pressionar o poder público para que a justiça cumpra o seu papel, divulgando essa história o quanto pudermos.

Nossa amiga onça
Além das agressões que sofreu, a onça-pintada (um macho) passou onze anos amarrada em um cabo de aço de 20 metros. Hoje, vive no Instituto Não Extinção (NEX), ora dentro, ora fora de uma pequena jaula. Para dar ao animal uma vida mais saudável e a paz merecida, a ong precisa de recursos. O site para informações e contato é www.nex.org.br
E eu que pensava que a história águia e da galinha era apenas ficção.
Save The Planet, pelo amor!

2 comentários:

Thadeu Melo disse...

Pois como está bacana este blog, Karina! Vou acompanhar. Dá uma olhada nesta notícia aqui http://ultimosegundo.ig.com.br/materias/mundo/2214501-2215000/2214582/2214582_1.xml
Os buracos são mais em cima, embaixo, prum lado e pros outros! Beijos!

clélia disse...

gente, que analogia ótima! já li esse livro e eu tb nunca imaginei que isso pudesse acontecer na vida real. é incrível e pode até parecer loucura da minha parte, mas muitas vezes acho os animais mais sábios que os humanos. fica aí o meu pensamento. clélia.