8.2.09

bill gates assusta, mas chama a atenção


Esta semana, durante uma palestra na TOD 2009 em Long Beach, na Califória, Bill Gates falou sobre a malária. Como frequentemente o que atinge "os outros" dói menos do que o que "nos" atinge, Gates acertou em cheio em sua técnica para sensibilizar a platéia quanto ao problema: abriu um potinho e deixou voar dezenas de mosquitos da malária no saguão, enquanto dizia: "trouxe alguns mosquitos e vou deixar que voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem esta experiência". Os mosquitos não estavam infectados. Inteligente ele, não? Aposto que depois dessa, pelo menos aquelas pessoas passaram a se preocupar mais com a questão da malária no mundo.

Para ler um artigo completo sobre a inusitada atitude de Bill Gates, clique aqui.

Ou aqui, se você quiser aprender mais sobre malária.

Save the planet!

3 comentários:

Francis David disse...

Gosto do estilo do Bill Gates.

Karina Miotto disse...

é, eu tb gosto do estilo dele! hahahaha...
Priscila, obrigada pela visita, também quero conhecer seu blog.

:)
bjos a todos

Andréia Barros disse...

Olá, Karina
Adorei o comentário sobre Bill Gates e de saber que gostastes da linda e autentica atitude que ele teve na TED de 2009, para chamar a atenção do problema da malária, doença que mata um bocadão de gente na nossa Amazônia.
Entrei no seu blog por causa dele, pois sou fã deste homem fantástico. Mas, ao me deparar com o seu perfil, li e gostei. Farei outras visitas.
Fica uma pergunta, você é nortista?
Fica também minha propaganda e o link do meu blog, “Bill Gates sob o olhar de uma fã”
http://myloveforbillgates.blogspot.com/
Andréia Barros