8.2.07

gente que faz a diferença

Há pouco tempo, entrevistei Edgar Werblowsky, diretor da Freeway, primeira operadora de ecoturismo do Brasil. A matéria na íntegra está no site Hôtelier News.

Ele chamou minha atenção pela maneira com que fala e sente a Mãe Terra. Diz que, durante o trekking, as pessoas entram em alfa de tão absortas que ficam no meio da mata. Os pensamentos deixam de existir na mente e, quando percebem, já estão espontaneamente em estado de meditação.

Frase dele: “Para mim a Amazônia é um corpo vivo. Vejo as árvores como entes divinos. O mesmo para as plantas e os animais. A natureza também chora quando violada, só que suas lágrimas escorrem de forma diferente”. Há 23 anos, Edgar abandonou a profissão de engenheiro civil. Não preciso nem falar por quê.



Outra pessoa que merece menção aqui neste site é Odair Roque, Diretor de Implementação da Accor Hotels na América do Sul. Em uma conversa que tivemos, também para o HN, ele falou com a sinceridade de quem praticamente sofre junto com a Terra. “O homem, em sua ganância, hipocrisia, desobediência e rebeldia, está destruindo o lugar em que vive. Estamos acabando com algo que nos foi delegado por Deus. Precisamos fazer alguma coisa”.

Em 2000, Odair representou 8 países em discussões da Accor Hotels para a implementação da chamada “Cartilha Ambiental”, documento da companhia com ações em favor do meio ambiente. Começou com 15 itens e, graças a outras reuniões, hoje tem 65. Atualmente, cerca de 4 mil hotéis Accor em 140 países devem cumprir um mínimo de pontos que vão desde reciclagem até reuso da água. “É uma gota no oceano”, diz ele. Mas é uma gota que faz a diferença.

Que estes exemplos nos inspirem a mudarmos o mundo para melhor, da maneira que pudermos.
Save the planet!

2 comentários:

Ponto Verde disse...

Visualmente muito bom este seu blogue e com um excelente conteúdo, um covite para visitar o www.a-sul.blogspot.com Obrigado.

Ludmylla Toledo disse...

adorei seu blog add ao meu!!