1.3.06

aves às margens de rios sem oxigênio

Olá a todos!
Fica aí o convite para a leitura da matéria “Resistência Alada”, que fiz para o site O Eco. A reportagem é sobre as aves que sobrevivem às margens dos rios Pinheiros e Tietê, em São Paulo.

A garça-branca-grande da foto é literalmente um belo exemplo.
Boa leitura!
Save the Planet!

2 comentários:

Mar disse...

As aves do Rio Tietê, penso que são outro mistério que nossa vã filosofia desconhece. Talvez, achem que unidas poderão destruir a coisa que está destruindo o rio.... sei lá! Muito interessante tua postagem......

Mar disse...

Olá Karina. Daqui a pouco, as 10.30hs a Marina Silva vai dar uma entrevista na Roda Viva (Tv Cultura). Perdi o sinal do satélite na minha TECSAT... justamente hoje! -Karina, embora pareça que nadamos.... e sempre morremos na praia, precisamos continuar nessa luta. As vezes, chego a visualizar uma luz no fundo do túnel. Mas.. faltam forças, precisamos criar um exército do bem. É complicado, as vezes parece que a energia acaba e , no dia seguinte, nos sentimos fortes novamente. É como se os anjos guerreiros confiasse em nós. Por menos que façamos precisamos continuar fazendo a nossa parte.
Que bom que te encontrei.
Abraços,
boa noite,
Mar